Fale Conosco

Mundo Coorporativo!

As 3 leis da Perversidade Profissional.

Max Gehringer azedo escreve sobre a desilusão das relações humanas no trabalho.

Publicado

Em

inimizade_ecommerce GirlO Sucesso consiste em não fazer inimigos – E-commerce Girl não concorda!

Eu adoro tudo que Max Gehringer escreve, mas confesso que fiquei bem surpresa com o azedume do texto abaixo – recebi do amigo blogueiro Silvio Calazans ( visite o blog)
http://itseniorexecutive.blogspot.com/.

Acho que até o Max tem lá seus dias de desilusão – quem não têm? Você concorda com o Max?

Nas relações humanas no trabalho, existem apenas 3 regras:
Regra número 1: colegas passam, mas inimigos são para sempre. A chance de uma pessoa se lembrar de um favor que você fez a ela vai diminuindo à taxa de 20% ao ano. Cinco anos depois, o favor será esquecido. Não adianta mais cobrar. Mas a chance de alguém se lembrar de uma desfeita se mantém estável, não importa quanto tempo passe.

Exemplo: se você estendeu a mão para cumprimentar alguém em 1997 e a pessoa ignorou sua mão estendida, você ainda se lembra disso em 2007.

Regra número 2: A importância de um favor diminui com o tempo, enquanto a importância de uma desfeita aumenta. Favor é como um investimento de curto prazo. Desfeita é como um empréstimo de longo prazo. Um dia, ele será cobrado, e com juros.

Regra número 3: Um colega não é um amigo. Colega é aquela pessoa que, durante algum tempo, parece um amigo. Muitas vezes, até parece o melhor amigo, mas isso só dura até um dos dois mudar de emprego.

Amigo é aquela pessoa que liga para perguntar como você está e sempre reclama porque sumiu. Ex-colega que parecia amigo é aquela pessoa que você liga para pedir alguma coisa, e ela manda dizer que no momento não pode atender.

Durante sua carreira, uma pessoa normal terá a impressão de que fez um milhão de amigos, na verdade colegas e apenas meia dúzia de inimigos.
Estatisticamente, isso parece ótimo. Mas não é. A Lei da Perversidade Profissional diz que, no futuro, quando você precisar de ajuda, é possível que quem mais poderá ajudá-lo é exatamente um daqueles poucos amigos.

Portanto, profissionalmente falando, e pensando a longo prazo, o sucesso consiste, principalmente, em evitar fazer inimigos. Porque, por uma infeliz coincidência biológica, os poucos inimigos são exatamente aqueles que tem boa memória. e segundo ditado popular (bem popular mesmo ):-

“Os amigos vem e vão, os inimigos se acumulam….”

Max Gehringer

Continue lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Elenara

    junho 25, 2010 em 5:26 am

    Estava passeando pela internet e me deparei com seu site, realmente você escreve muito bem. retribua a visita em meu site. http://sensuaisegatas.blogspot.com

  2. Carmen

    julho 28, 2010 em 6:07 am

    gostei muito do seu blog, adoro novidades, como esse site que a gente vota no time da gente pra escolher o maior time do twitter e concorrer a premios http://www.twitorcida.com.br

Deixe um recado

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mundo Coorporativo!

Nada é mais motivador que um NÃO! Tire seu #PlanoB da gaveta e Acredite!

O não é libertador, ele te orienta a tirar o #PlanoB da gaveta.

Publicado

Em

Todo mundo adora ler histórias de empreendedores de sucesso, tomar isso como exemplo para sua “escalada” é um bom começo, o que é importante entender é que toda história de sucesso tem pelo menos um capitulo de dor, sofrimento, rejeição e ressurreição, e esse é o grande exemplo que temos que ter , guardar e usar.

Não será simples; não será fácil; mas certamente inspiraria um livro.

Tomaz Edison registrou mais de 1.000 patentes e inventou alguns dispositivos que mudaram o mundo , como o fonógrafo , a lâmpada elétrica , e a primeira câmera filmadora mas, os professores dele  escreveram um relatório dizendo : “too stupid to learn anything.” – Muito burro para aprender qualquer coisa.

Steven Spielberg foi rejeitado pela University of Southern California Escola de Artes Cinematográficas várias vezes.

O sonho de Vera Wang, famosa estilista americana era ser Patinadora Olímpica, tentou 3 vezes e não conseguiu índices. Juntou toda sua frustração, tirou o #PlanoB da gaveta e em poucos anos se tornou editora da Vogue o que a levou para o mundo da moda . Aos 40 anos mais uma vez tirou outro #PlanoB da caixinha de planos e colocou em ação a sua paixão em desenhar vestidos de noiva – Em 2014 o seu negócio foi avaliado em 1 bilhão de dólares.

Henry Ford faliu 2 empresas automobilistas no começo da sua carreira. Parou. Pensou. Pesquisou , voltou a estudar e formulou um #PlanoB , buscou um sócio com fé na sua visão e voilá! Fundou a Ford Motors Company , a empresa que mudou para sempre a indústria automotiva e a cultura sobre como funciona uma linha de montagem em produção.

U2 apresentou seu trabalho para a gravadora RSO Records , e a mesma disse Não! o que eles fizeram? acreditaram na ideia, reformularam a estratégia ( #PlanoB ) e abordaram outras gravadores – e o resto sabemos! os diretores da RSO devem ter síncopes nervosas cada vez que ouvem no radio “Sunday Blood Sunday”

Até U2 recebeu um NÃO!

Até U2 recebeu um NÃO!

Eu sei que as vezes dá vontade de desistir, o banco não te ajuda, investidores anjo te desprezam , acredite eu sei exatamente o que você esta sentindo. Qual o segredo?

Acreditar! Se não der certo dessa vez – vamos ao #PlanoB

“Você é único representante do seu sonho na face da terra, se isso não fizer você levantar e andar eu não sei o que fará” ( já dizia DJ Emicida )

 

 

 

Continue lendo

Ecommerce Girl Aprovou!

O novo código de elegância dos profissionais internet.

Profissionais 2.0 a nova geração!

Publicado

Em

generation2.0_ecommercegirlJá há algum tempo tenho notado que a nova geração de profissionais da Internet tem cara nova.
Acho que podemos até chamar de profissionais 2.0
Essas pessoas se especializaram em trabalhar “para” e “com” a internet.
Somos diferentes e temos um código de conduta variante ao que eu conheci na época em que trabalhei com T.I.

Estive em um parceiro na última semana e quando conversavamos sobre comissões e indicação de negócios eu disse a ele:
(…)” Por hora somos uma área pequena e unida ( e-commerce ) somos leais e amigos, e todos se conhecem e se respeitam”

Saí da reunião pensando no que eu disse, e o quanto isso é importante.
“Lealdade, Amizade e respeito”

Eu falei com orgulho! orgulho por fazer parte desse grupo.
Completei dizendo ao meu futuro parceiro : “(…) nós temos um código de elegância”.
ele me disse rindo: – “Bom, então divida isso com o mundo , porque o que esta faltando é elegância corporativa por ai….”

Quer ser como a nova Geração de Profissionais da Internet? Então anote o novo código de elegância dos profissionais de internet.

1) Responda emails.

Não existe nada mais chato do que enviar um email com propostas ou mesmo contatos, e ficar esperando o retorno, sabemos que a outra pessoa leu mas ela simplesmente não responde – isso é o cumulo da sindrome do “estou ocupado”, além do mais responder rapidamente deixa a caixa de entrada leve !  Você não gosta de ficar esperando respostas que nunca vem? pois é, nem seus parceiros, funcionários, colaboradores, entrevistados, candidatos a vagas etc…. Retorno de emails é a primeira lição de elegância da geração 2.0.
2) Não atrase em reuniões;

Eu sei que em SP é quase impossivel chegar na hora em reuniões, sempre tem um acidente na marginal, uma rua alagada… mas tudo tem limite! Já esperei por uma pessoas 2 horas, e ela dizendo que estava chegando… chegando…. e eu… indo…. indo.. indo… embora. Nunca mais voltei. Isso fica tão marcado que inconcientemente não aceitamos mais essa pessoa – seja qual for o motivo do atraso. Então, a solução é sáia mais cedo e , imprevistos acontecem! e para isso existe o celular. Avise que vai se atrasar, e se o atraso passar de 1 hora é melhor remarcar!

3) Seja articulado;

Foi-se o tempo onde ‘quem mexia” com computadores ou internet era gago, quase não falava e vivia pelos cantos com aparencia pálida! os profissionais de internet apresentam muitos seminarios, cursos, palestras , é parte do nosso trabalho! então, ser articulado é quase mandatório! é assim que se vende uma idéia : FALANDO!

4) Seja Elegante;Não usamos oculos fundo de garrafa e nem somos os “desarticulados” da turma;

Nos filmes dos anos 90 os profissionais da geração internet usavam calças caqui, camisas xadrezes e oculos fundo de garrafa. Isso sempre foi lenda, mas agora foi por água a baixo de vez!

Ninguém entende mais de moda e tendências do que nós! Somos elegântes e inteligentes nas compras, nos vestimos bem e com um caracteristico bom humor nos acessórios. Isso nos identifica fácil – somos aqueles que parecem descolados e inteligentes!

5) Pesquise e escreva;

Não há nada que enriqueça mais do que a pesquisa! profissionais da nova internet sabem disso como ninguém ! e quem lê muito, escreve bem também! e escrever corretamente é uma caracteristica da nossa geração.

6) Não alimente os Trolls;

Trolls são seres contratados ou independentes que entram em redes sociais para tumultuar ou criar controvérsias sobre assuntos especificos, podem ser dedicados a uma marca ou pelo simples prazer se ‘ser contra” isso me parece coisa de gente com tempo ocioso. Nós não alimentamos essa turma ( termo usado no twitter ), é só ignorar! logo passa.

7) Ajude quem pede com humildade e sinceridade;

Pedir ajuda quando não se sabe alguma coisa, é uma prova original de humildade! ajude- profissionais 2.0 tem como costume ajudar quem pede com sinceridade! não é incomum alguém pedir orientação para algum assunto especifico e receber uma enxurrada de emails ou posts de ajuda.

8) Cumprir os prazos é mandatório.

Prazos fazem com que o trabalho apareça. Profissionais 2.0 não “enrolam’ o projeto , mesmo porque quanto mais tempo demorar menos coisa nova chega as suas mãos.

9) Existem oportunidade e negócios para todos – o que não serve para você, pode interessar a outro > divulgue!

A lei de Gerson não faz parte do vocabulário dos profissionais 2.0, algum negocio não serve para mim? servirá para outro! indicamos para empregos, negócios, oportunidades. e por hora esse ítem nos faz diferentes de toda uma geração que na corrida pelo sucesso profissional usava a lei de Gerson – “Sempre queremos tirar vantagem de tudo” para esconder uma insegurança sem tamanho.

10) Seja generoso, ensine.

Ouvi uma vez de alguém, que a unica forma de se tornar eterno é ensinando! passando conhecimento para frente… ensine, oriente, nós nunca esquecemos quem sinceramente nos ensina algo.

11) Cultive a Network.

O número de pessoas no seu grupo de linkedin não diz que profissional você é, mas sim as pessoas que realmente te dizem alguma coisa, que compartilham assuntos, interesses, grupos, idéias – isso é network, originalmente perfeita!.

Achou que estou vivendo no mundo de ÓZ? Pergunte a qualquer um dos meus companheiros :
Nós somos a nova geração de profissionais da internet! e Sigam-nos os bons!

Continue lendo

Mundo Coorporativo!

Qual é a sua paixão?

Você mente nas entrevistas de emprego?

Publicado

Em

filosofia_ecommercegirlPessoal,

Eu participo de alguns fóruns pelo mundo sobre mercado de trabalho, contratações, processos de contratação, dinâmicas ( acho isso deplorável)  etc…

Eu tento com isso dar uma visão realista sobre quem esta no outro lado da mesa procurando emprego  e me esforçando para a outra pessoa nessa conversa ,ou seja o entrevistador,  entenda o quão importante é esse momento para o entrevistado.

Em um desses fóruns internacionais no LinkedIn, uma pessoa de uma consultoria de recrutamento  multinacional colocou a seguinte enquete:

Qual pode ser uma pergunta interessante para recrutar profissionais?

Eu respondi: Pergunte: “Qual é a sua paixão? e se a resposta for: – “O meu trabalho”! Não contrate!

A minha intensão com isso , e eu sempre faço essa pergunta nas entrevistas, é encontrar gente que tenha vida pessoal, que se interesse por coisas interessantes, e quando a pessoa se abre para a pergunta ela mostra um pouco mais quem ela é.

Alguém que responde que a sua paixão é o trabalho, mente!  ou esta muito confuso pessoalmente.

Pense!

Se coloque no lugar no entrevistador ouvindo de você:

– “A minha paixão é o meu trabalho” !

Os mecanismos na cabeça de quem esta recrutando, traduz isso como:

  • Ele esta mentindo,
  • Ele é bajulador, esta desesperado , quer a todo preço o trabalho e com isso mente!
  • Ele não tem vida própria? não tem filhos? hobbies? cachorros?

E isso apenas quando o entrevistador esta realmente interessado na pessoa a sua frente – porque os recrutadores hoje apenas fazem as perguntas de praxe, quase não olham na cara do entrevistado , preferem  ficam olhando para seus celulares constantemente e acham que estão levando para as empresas as melhores pessoas. Recrutar é  o  ato de conhecer e se encantar! E conhecer gente é um DOM!

Eu não imagina o que estava por vir. Recebi em 6 dias 114 mensagens referentes ao tema; e Matematica que sou resolvi analisar isso com números:

  • Nas 114 mensagens, 91% eram homens;
  • 81% não concordaram;
  • Dos que concordaram 98% eram mulheres;
  • Dos que discordam 75% são indianos e 20% são Americanos;

O que esses números podem nos mostrar?

  • As mulheres se dedicam ao trabalho mas têm outros interesses e não se envergonham em deixar claro;
  • Os Indianos me parecem ( e eu conheço relativamente bem como eles pensam )  ter no trabalho a fonte de suas aspirações e desejos;
  • As pessoas não sabem qual é a sua paixão;
  • Pouca gente é sincero nas entrevistas.

Esta claro para mim que, quem consegue seu sustento fazendo o que ama é uma pessoa de sucesso,  mas amar o que se faz profissionalmente nada tem haver com paixão. Paixão é o que te move… o que te equilibra para que todo dia você levante pela manhã feliz para ir trabalhar.

Respondi todas as mensagens que me enviaram, as indignadas e as de apoio com o texto abaixo:

“Hi XXXX,
It seems that my response to survey has left many people sad, others have been supported me and others simply did not understand.
I’ve recruited a dozen professionals, and my experience leads me to think:

If someone asks you what your passion and the answers is : my work – not the contract BECAUSE HE IS LYING!
Put yourself in his shoes!and wonder yourself in the interview. The recruiter will ask:
-What is your passion? you think at the moment of his life – and this is the real reason for the question: Who the candidate is!
The answer is always something about “who this the person”. like… – My passion today is work as volunteer in a hospital or my passion today is to run with my dog on weekends, teaching is my passion – I love teach …

If the person says that her passion is work, of course you have in front of a smarmy liar. or someone confusing, in both cases I do not want someone like that on my team.

XXX … we are in 2010! We need to hire interesting people and be interesting for companies and recruiters.

Well, it´s just my opinion! “

Sucess and  Prosperity

Solange Oliveira
www.ecommercegirl.com
www.e-visionconsulting.com

Eu amo o que faço e estou em um momento espetacular da minha carreira, mas a minha paixão é:

“Ficar com o meu filho nos momentos mais prozáicos, observando como ele esta se tornando um menino tão interessante, como ele esta construindo as frases inteligentemente; quando a gente faz o dia o pijama e fica em casa o dia inteiro (de pijama )  e usufruindo apenas de nós mesmos.”

Essa é a minha paixão, e só um trabalho bem sucedido pode me dar esse equilibrio.

E-commerce Girl achou interessante dividir isso com vocês; e faz uma pergunta:

– Qual é a sua paixão?

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Title

Trending